Buscar
  • Ricardo Iztlimitl

A LUA NA DUALIDADE - SIMBOLO DO FEMININO




Ometeotl sagrada dualidade


Na sabia cultura Tolteca-Azteca, onde a dualidade e não o patriarcado ou matriarcado são o foco, a lua simboliza a energia feminina no sentido de fertilidade, emoções, mas, também é morada do sábio Ancião, senhor das memorias e consciência.A lua representa na dualidade o lado feminino do Avô Sol, porém, equivocadamente ela não é exclusivamente "das mulheres", pois, tal qual podemos ver no simbolo do o Ying Yang e no simbolo que representa a dualidade sagrada criadora Tolteca-Azteca-Maia "OMETEOTL", todos temos parcelas da dualidade em nós Ela controla as marés, movimentando toneladas e toneladas de água, imagine o que pode fazer com as águas de nosso corpo. O poder magnético da Lua, combinado com o movimento da Terra, movimenta oceanos e rios.

Ela influencia o fluxo da seiva das árvores e plantas e no ser humano os fluidos corporais, incluindo o ritmo do sangue, a menstruação, ciclos de gestação, nosso estimulo sexual e mesmo diversas outras funções do cérebro.

Aplicar o conhecimento ancestral no cotidiano, pode trazer sucesso em todas as áreas da vida. Ao alinhar-se com os Ciclos da Lua, a vida flui impulsionada por esse Poder e melhora seu bem estar físico, emocional, intelectual e espiritual. Ao ser tocado(a) pelas energias da Lua e receber suas influências, você desenvolve a sensibilidade psíquica, se harmoniza emocionalmente, aumenta a inspiração e aprende a lidar com as marés naturais da vida.

No Temazcal ou Temazcalli , nossa "Casa de Pedras Quentes" de purificação dos corpos sutis e autoconhecimento profundo, junto com a Argila Medicinal e seu reintegrar com a mãe terra e ao mesmo tempo com a interiorização, aguardamos a todos para tocar sua Lua no coração de Mulheres e Homens.


257 visualizações

© 2016 por Ricardo Iztlimitl. 

  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon